January 24
I'm Hugs, smiles, spirits, good humor, sarcasm, laziness and sleep. Loud music and silent. I'll be whatever you want, but only when I want.
6/11/2012
4:58pm
313150


Permalink
Via
6/11/2012
4:58pm
43541


Permalink
Via
Rimas. Ri mais? Rir, mas de quê? Talvez um quê de queijo, um bê de beijo. Beijo vai, mas bem jovem. Então vem! Nu mesmo, vem nuvem, vem. Mas vem sem. Sem vergonha, sem pudor, sem graça, sem açúcar e sentimento. Se sentir, não vou deixá-lo ir. Sem ir, sem ti, eu não vou a lugar nenhum, nem dois, nem três e nem quartos. Por que mentes? Ah, que mentes não sentiriam saudades doentes… Do ente querido, do ente que queria ter ido, do ente que quase foi. Ufa, e foi por pouco. Já anoiteceu. A noite teceu estrelas, estralos, entranhas e estranhos. A noite teceu trapézios trapezistas, trôpegos, traficantes, trapaceiros e tresloucados. Também temor. Ter amor, amoras, amantes, amarelos… Ah, não. Amá-los ou amar elos? Meio a meio, meio fio, meio feio, meio feito. Essa história meio fora de hora de novo? Sim. De novo, de novo e de manhã, de tarde, de velho, de ontem, de frente, defronte e de ré. Ré é renascer renascentista, iluminista, sulista, turista, budista, autista. Arista? Mundano! Mundo mudo muda mudas. Mudas de gente descrente, descontente, demente, indecente, decadente, ai! Dor de dente, dor de gente. E quem cura? Loucura.
Cinzentos.  (via c-o-n-s-o-l-a-r)
6/11/2012
4:58pm
12112


Permalink
Source
Via
E perdoa o exagero, é que ainda não aprendi a lidar muito bem com esse lance de controle emocional.
Pedro Pinheiro (via excitar-se)
6/11/2012
4:57pm
37765


Permalink
Source
Via
Ciúmes desperta o meu lado psicopata.
6/11/2012
4:57pm
28366


Permalink
Source
Via
Odeio gente perfeita demais, sorridente demais. Odeio quem diz “oi, linda” só pra ganhar algo. Odeio quem acaba de me conhecer e já diz “eu te amo”. Odeio. Odeio quem força simpatia, quem finge que gosta, quem diz “ah, somos só amigos” mas, lá no fundo, tá cheio de segundas intenções. Odeio quem chega abraçando, odeio quem faz drama e começa a chorar só pra ser o centro das atenções. Odeio quem se faz de coitado e mais ainda quem dá atenção a isso, mas também odeio quem trata as pessoas como um nada. Odeio o preconceito, mas principalmente, quem diz que a aparência não importa mas não quer ficar com alguém “porque é feio”. Odeio quem fica, de qualquer jeito. Odeio a capacidade que as pessoas têm de beijar sabendo que não tem sentimento. Odeio ilusões. Odeio quem aparece cheio de amor pra dar mas perde o tesão no meio do relacionamento. Odeio quem vai embora, mas odeio quem fica por falsidade. Odeio que tenham pena de mim. Odeio sentimentalismo, por mais sentimental que eu seja, lá no fundo. Mas odeio, acima de tudo, quem me odeia simplesmente por odiar tudo isso.
Tati Bernardi.   (via oisoumuitociumenta)
6/11/2012
4:57pm
251482


Permalink
Source
Via
6/11/2012
4:57pm
1132


Permalink
Source
Via
Seu sorriso vale mais de mil palavras.
Capital Inicial  (via negrejar)
6/11/2012
4:56pm
3513


Permalink
Source
Via
A vida sempre lhe fará perguntas.
Então seja genial nas respostas.
Sean Wilhelm. (via gratificante)
6/11/2012
4:56pm
63520


Permalink
Source
Via
6/11/2012
4:55pm
2513


Permalink
Source
Via


»

Theme by Thought and Soul © Don't copy and don't remove this credits.
Credits...